sábado, 29 de setembro de 2007

Caim e Abel, o primeiro crime




Adão e Eva tiveram os dois primeiros filhos, Caim e Abel. Caim tornou-se agricultor mas Abel optou por ser pastor. Depois, como Deus gostava mais do pastor, Caim matou o seu irmão por ciúmes (Génesis 4:1-8).

Esta história poderá ser um reflexo sobre a rivalidade que sempre existiu entre agricultores e pastores, desde que foi introduzida a agricultura na vida dos homens. O agricultor odiava que os pastores passassem com os rebanhos pelos seus campos que tanto trabalho requeriam para cultivar, e o pastor odiava que o agricultor tomasse posse das terras. Porém, o agricultor é o mais poderoso, por isso o agricultor mata o pastor. O pastor morre e o agricultor é o sobrevivente.

O agricultor é mais sofisticado do que o pastor, pois tem de dominar a técnica, as ferramentas, o calendário, etc. A agricultura foi a primeira tecnologia sofisticada da história do Homem, a primeira ciência, por isso, Caim foi o primeiro a experimentar as vantagens da ciência, perante a desaprovação de Deus. O agricultor teria de devastar largas áreas florestais e outros habitats naturais para dar lugar à terra cultivada. Este foi certamente o primeiro passo na destruição da Natureza selvagem.

Isto leva-nos à história dos hebreus, que na sua origem dedicavam-se principalmente à pastorícia. Os seus vizinhos mesopotâmicos (mais tarde designados por babilónios) foram, por outro lado, os inventores da agricultura, tendo retirado desta actividade grande riqueza e poder. Daí a rivalidade entre pastores e agricultores.

Na história de Génesis, o ataque de ciúmes de Caim foi desencadeado na sequência de oferendas que ambos irmãos fizeram a Deus: Caim ofereceu vegetais do seu cultivo enquanto Abel ofereceu umas boas peças de gado. Parece que Deus não gostou da oferta vegetariana de Caim e aprovou apenas a oferta de Abel.

Mas, no fim de contas, Caim conseguiu ganhar o respeito de Deus, porque Deus só lhe dirigiu uma repreensão verbal e, logo a seguir, até prometeu-lhe protecção (“... E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que não o ferisse quem quer que o encontrasse”, Génesis 4:15). Caim tinha medo de ser encontrado e morto em punição do seu crime, por isso foi viver para a terra de Node (que, em hebraico, significa “Fuga”), onde se estabeleceu com a sua mulher (Génesis 4:13-17).

Esta história acaba sem deixar resposta para as seguintes questões:
  • Caim tinha medo de quem?
  • Por que é que Deus prometeu-lhe protecção?
  • Foi ele que fundou a terra de Node ou já existia como povoação?
  • Quem era a mulher de Caim?

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...