segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Marcos - Outros Episódios




As estrelas que caem do céu

Num discurso sobre os dias finais, o autor de Marcos coloca Jesus a afirmar que a Lua não dará luz e as estrelas cairão do céu.

Marcos 13:24-25 Mas naqueles dias, depois daquela tribulação, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus, serão abalados.

Isto mostra a falta de conhecimentos astronómicos que “Marcos” tinha, pois a Lua não produz a sua própria luz e não é possível as estrelas cairem do céu (pressupõe-se que, ao “caírem”, precipitar-se-iam na Terra). Mas, isto só seria de admirar se “Marcos” tivesse sido realmente inspirado por um ser celestial que conhecesse a natureza dos corpos celestes.

Esta passagem foi rigorosamente copiada para Mateus 24:29, mas apenas serviu de inspiração para o texto de Lucas 21:25-26 (“E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas...”) onde se podem encontrar as mesmas ideias mas menos disparates astronómicos.



A geração que não passará

A seguir ao vaticínio sobre os acontecimentos que iriam ser observados no Sol, na Lua e nas estrelas, Jesus afirma que a própria geração que vivia naquele tempo iria viver o suficiente para poder observar estes fenómenos finais! Ou seja, estes acontecimentos produzir-se-iam num futuro próximo!

Marcos 13:30-31 Em verdade vos digo que não passará esta geração, até que todas essas coisas aconteçam. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão.

Tendo em conta que os fenómenos indicados por Jesus nunca foram observados temos de tirar uma das seguintes conclusões:
-          Jesus enganou-se na profecia;
-          as pessoas da geração a que Jesus se referia ainda estão vivas;
-          o autor de Marcos enganou-se e o seu erro foi replicado rigorosamente para Mateus 24:34-35 e Lucas 21:32-33.

Mas, numa passagem anterior de Marcos, Jesus teria já divulgado uma profecia semelhante (que podemos encontrar também em Mateus 16:28 e Lucas 9:27):
Marcos 9:1 Disse-lhes mais: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder.

Presumindo que algumas passagens do evangelho possam ser atribuídas a um homem chamado Jesus, estas duas passagens resumem a verdadeira missão deste: anunciar a breve chegada de um Reino de Deus (uma teocracia). Este Jesus não veio iniciar uma religião para durar milhares de anos! Os objectivos eram urgentes, e ele mostrava que o tempo escasseava.


O rapaz vai nu!

Jesus, quando foi preso, estava a ser seguido por um jovem que se cobria apenas com um lençol. Os homens que prenderam Jesus tentaram agarrar este misterioso jovem, mas ele fugiu despido, deixando o lençol para trás.

Marcos 14:51-52 Ora, seguia-o certo jovem envolto em um lençol sobre o corpo nu; e o agarraram. Mas ele, largando o lençol, fugiu despido.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...