sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Mateus - O Pai José




Inspirado em José e Moisés do Velho Testamento

A história de José no livro de Mateus, tem ligações muito fortes ao Antigo Testamento, nomeadamente aos episódios de José (filho de Jacob) e Moisés, ambos considerados Príncipes do Egipto:
-          o pai de José chama-se Jacob; tal como o pai do José Principe do Egipto;
-          José, em resultado de sonhos reveladores, vai para o Egipto; como o José Principe do Egipto;
-          Herodes decreta o “Massacre das Crianças”; tal como o faraó no tempo do nascimento de Moisés;
-          José é chamado de volta do Egipto; tal como Moisés ao saír heroicamente do Egipto com o povo israelita liberto.

Vemos que “Mateus” reveste José de uma aura heróica ao basear a sua história nas antigas histórias de heróis da epopeia israelita. Para além disso, José também toma parte activa no cumprimento de profecias:

Antigo Testamento
Mateus
Oséias 11:1 Quando Israel era menino, eu o amei, e do Egipto chamei a meu filho.
Mateus 2:13-15 ... eis que um anjo do Senhor apareceu a José em sonho, dizendo: Levanta-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egipto, e ali fica até que eu te fale; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.
Levantou-se, pois, tomou de noite o menino e sua mãe, e partiu para o Egipto. e lá ficou até a morte de Herodes, para que se cumprisse o que fora dito da parte do Senhor pelo profeta: Do Egipto chamei o meu Filho.
Jeremias 31:15 Assim diz o Senhor: Ouviu-se um clamor em Ramá, lamentação e choro amargo. Raquel chora a seus filhos, e não se deixa consolar a respeito deles, porque já não existem.
Mateus 2:15-18 Então Herodes, vendo que fora iludido pelos magos, irou-se grandemente e mandou matar todos os meninos de dois anos para baixo que havia em Belém, e em todos os seus arredores, segundo o tempo que com precisão inquirira dos magos.
Cumpriu-se então o que fora dito pelo profeta Jeremias:
Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, e não querendo ser consolada, porque eles já não existem.


O massacre das crianças

Na história do “Massacre das Crianças” (ou “dos Inocentes”), o autor de Mateus relata que Herodes manda matar todas as crianças de Belém e arredores, como se fosse o cumprimento de uma suposta profecia do livro de Jeremias e da qual cita apenas uma frase (Jeremias 31:15). Mas esta frase de Jeremias, que nem sequer é profética, diz respeito aos israelitas que lamentavam serem exilados para Babilónia, não estando relacionada com um massacre de crianças e nem com Belém (Ramá fica a uma distância considerável).

“Mateus” também conta que José, para poupar Jesus ao massacre, fugiu com a família para o Egipto, querendo mostrar que o regresso do Egipto é o cumprimento de uma profecia de Oséias. No entanto, “Mateus” cita apenas a segunda metade da frase, subtraindo mais uma vez o contexto. O texto de Oséias fala do êxodo do Egipto no tempo de Moisés e não tem tom profético.


José é protagonista em Mateus

Em Mateus, José protagoniza os eventos no tempo do nascimento de Jesus. Em Lucas, quem tem o papel principal é Maria.



Mateus
Lucas
Importância de José nos acontecimentos
José é o condutor dos acontecimentos, Maria não fala
José não fala e tem pouca importância, Maria é protagonista
Anunciação
José recebe a mensagem do anjo depois de Maria engravidar
Maria recebe a mensagem do anjo antes de engravidar
Acontecimentos entre o nascimento e a ida para a Nazaré
Magos visitam Herodes
Magos visitam a criança
Anjo avisa José de perigo
José leva família para o Egipto
Herodes ordena o massacre das crianças de Belém
Anjo avisa José que podem regressar
José e família regressam do Egipto
José e Maria vão ao Templo para cumprir rituais
Um homem, no Templo, dirige a palavra só a Maria (apesar de José estar presente)
Chegada a Nazaré
José queria regressar a Belém, mas receava Arquelau (filho de Herodes); por isso e para cumprir uma profecia leva a família para a Galiléia.
Retornam à sua casa, a Nazaré.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...