segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Século I - Estilo do Evangelho de Marcos





Um estilo de escrita

No texto de Marcos encontram-se padrões de estilo literário. O autor parece mais preocupado com estilo do que relatar acontecimentos.
Vejamos, em resumo, os capítulos 4 a 8 de Marcos:

Marcos
cap:vers
Tópico
Descrição
4:1-34
Jesus ensina à beira-mar
Jesus conta quatro parábolas muito chatas...
Na primeira parábola, os apóstolos dizem-lhe que não perceberam. Jesus responde que as parábolas são propositadamente ininteligíveis para que os "de fora" não as percebessem - e repreende-os por estes não a terem entendido (Marcos 4:11-13).
4:35-41
Atravessa o mar de barco
Acalma a Tempestade - os discípulos ficam admirados mas não percebem quem ele é
5:1-20
Faz curas e exorcismos
5:21-42
Uma história ensanduichada noutra.
A filha de Jairo que tem doze anos está doente
Cura mulher que tem uma doença há doze anos
A filha de Jairo que tem doze anos é curada
6:1-29
Vagueando e viajando
Profeta sem honra
Vagueando, percorre os povoados
Narrativa sobre decapitação de João Baptista (as pessoas pensavam que Jesus era João Baptista ressuscitado, Elias ou outro qualquer profeta antigo)
6:30-44
Jesus ensina à beira-mar
Primeiro milagre da multiplicação dos pães
6:45-52
Atravessa o mar de barco
Anda sobre a água - discípulos não compreenderam isto nem o milagre da multiplicação dos pães
6:53-55
Faz curas e exorcismos
Cura pessoas na região de Genesaré
6:56-7:37
Vagueando e viajando
Vagueando, percorre os povoados
Fariseus - pureza e alimentos puros
8:1-12
Jesus ensina à beira-mar
Segundo milagre da multiplicação dos pães
8:13-21
Atravessa o mar de barco
Discípulos discutem por não terem pão – Jesus faz questão de apontar que eles são estúpidos, lembrando que ele fez, por duas vezes, o milagre de fazer aparecer comida
8:22-26
Faz curas e exorcismos
8:27-28
Vagueando e viajando
A caminho de Cesareia de Filipe, Jesus pergunta aos discípulos quem o povo pensa que ele é.
Os discípulos respondem: “João Baptista, Elias ou outro qualquer profeta antigo”
8:29-30
Fecho dos ciclos
Jesus pergunta aos discípulos: “E vocês, pensam que eu sou quem?”
Finalmente, Pedro percebe que Jesus é o Cristo

Padrão de ciclos

No trecho dos capítulos 4 a 8 de Marcos, encontramos em triplicado o seguinte padrão:
-          Jesus ensina à beira-mar;
-          Atravessa o mar de barco;
-          Faz curas e/ou exorcismos;

Episódio ensanduichado noutro

Em Marcos 5:21-42 encontramos um episódio em enclave de outro episódio, com a seguinte sequência:
-          A filha de Jairo, que tem doze anos, está doente;
-          Cura mulher que tem uma doença há doze anos;
-          A filha de Jairo, que tem doze anos, é curada;

Noutra secção, em Marcos 11:12-26 (fora do trecho em apreciação), existe a seguinte sequência:
-          Jesus amaldiçoa uma figueira por não ter figos (fora da época dos figos!!!);
-          No Templo, Jesus expulsa os mercadores e derrubas as mesas dos cambistas;
-          Jesus e os discípulos vêem que a figueira secou;

Personagens com comportamento inesperado

A sequência que estivemos a analisar retrata uns apóstolos exageradamente estúpidos e que Jesus faz questão de apontar isso. Por exemplo, Jesus faz dois milagres de multiplicação de alimentos e, mesmo assim, os discípulos discutem por causa de não terem pão.
No fim Pedro salva a situação e consegue mostrar que já percebeu que Jesus é o Cristo…



A sanduíche maior

No fim do evangelho de Marcos encontramos os mesmos tópicos que aqueles encontrados no seu início.
Vejamos os tópicos de abertura:
Marcos
cap:vers
Tópico
Descrição
1:2
Entregar a mensagem
João Baptista entrega a mensagem - Conforme está escrito no profeta Isaías: “Enviarei à tua frente o meu mensageiro; ele preparará o teu caminho”
1:3
Voz que clama
João Baptista é uma “voz que clama”
1:6
Alusão a Elias
João vestia roupas feitas de pêlos de camelo, usava um cinto de couro (como Elias em 2 Reis 1:8)
1:9
Galiléia
Jesus vem da Galiléia
1:10
O céu se abriu (rasgou)
Assim que saiu da água, Jesus viu o céu se abrindo
1:10
O Espírito (pneuma)
O Espírito descendo como pomba sobre ele
1:11
Filho de Deus
Então veio dos céus uma voz: “Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado”

E os tópicos do fecho do evangelho:
Marcos
cap:vers
Tópico
Descrição
15:34
Voz que clama
Jesus bradou em alta voz: “Eloí, Eloí, lamá sabactâni?”
15:35
Alusão a Elias
Disseram: “Ouçam! Ele está chamando Elias”.
15:37
O Espírito (pneuma)
Jesus expirou (deixou o espírito)
NOTA: Tanto no grego como no hebraico/aramaico, a palavra "espírito" tem o sentido de poder incorpóreo, mas também tem o sentido de fôlego, respiração, etc. 
15:38
A cortina do templo se abriu (rasgou)
O véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo.
15:39
Filho de Deus
O centurião disse: “Realmente este homem era o Filho de Deus!”
16.7
Jesus vai para a Galiléia
“Vão e digam aos discípulos dele e a Pedro: Ele está indo adiante de vocês para a Galiléia. Lá vocês o verão, como ele lhes disse.”
16:8
Entregar a mensagem
As mulheres não entregam a mensagem - Tremendo e assustadas, as mulheres saíram e fugiram do sepulcro. E não disseram nada a ninguém, porque estavam amedrontadas.



domingo, 11 de janeiro de 2015

Século II - Actos dos Apóstolos- Paulo vs Cristo



Paulo vs Cristo

O livro de Actos dos Apóstolos é um plágio descarado dos evangelhos. Neste livro o autor decide fazer uma biografia detalhada de Paulo com a intenção de ter o máximo de situações copiadas da vida de Jesus nos evangelhos, em particular no evangelho de Lucas.

Vejamos como, em Actos dos Apóstolos, a vida de Paulo é copiada da vida de Jesus dos evangelhos:

Característica
Paulo (Actos)
Jesus (evangelhos, especialmente Lucas)
Baptizado por
Paulo foi baptizado por Ananias (Hananyah = “Gracioso é Yahveh”) – (Actos 9:17-18)
Jesus foi baptizado por João (Yehohanan = “Yahveh é gracioso”) Baptista.
Sobre o baptizador
Ananias encontra-se com Paulo na rua direita (Actos 9:11)
João Baptista dizia “endireitai os caminhos” (Lucas 3:1-6)
Considerado divino
Em Listra (na Galácia), Paulo é considerado um deus (Actos 14:11-12)
Jesus é descrito como filho de deus (Lucas 22:70)
Curou doentes
Sim – Actos 19:11-12
Sim (várias passagens)
Ressuscitou um jovem
Paulo ressuscitou o jovem Êutico em Trôade (Actos 20:9-12)
Jesus ressuscitou o jovem filho de uma viúva em Nain (Lucas 7:11-17)
Prega em torno de um mar
Em torno do Mar Mediterrânico
Em torno do minúsculo  Mar da Galiléia
Vive tempestade no mar
Paulo vive uma tempestade muito perigosa no mar Mediterrânico (Actos 27)
Jesus passa por uma tempestade no minúsculo mar da Galiléia (Lucas 8:22-25)
Expulso de sinagoga
Actos 14:1-6
Lucas 4:28-29
Sofre conspirações de judeus
Sim (Actos 20, 23 e 25)
Sim (Lucas 19:47-48; várias passagens)
Destino final das viagens
Jerusalém (exceptuando as viagens como prisioneiro) - Actos 21
Jerusalém (Lucas 19)
Prevê a sua morte
Actos 20:25
Lucas 18:31-33
Motivo de prisão
Tumultos no Templo (Actos 21)
Na sequência de tumultos no Templo (Lucas 19:45-48)
Interrogado e espancado por sacerdotes, no Sinédrio
Sim (Actos 21-23)
Sim (Lucas 22-23)
Absolvido por um prefeito romano
Absolvido por Festo (Actos 25:25)
Absolvido por Pilatos (Lucas 23:13-16)
Absolvido por um Herodes
Absolvido por Herodes Agripa (Actos 26:31)
Absolvido por Herodes Antipas (Lucas 23:8-10)
Morre aparentemente e ressuscita
Paulo é apedrejado e considerado morto, mas ressurge imediatamente a seguir (Actos 14:19)
Jesus é crucificado e ressuscita ao terceiro dia (Lucas 23-24)

Conclusão: Em Actos, Paulo iguala ou supera todas ou quase todas as características de Jesus!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...